Menu
Escolha uma Página
Solda Exotérmica

Ligação por reação química (aluminotermia) entre óxidos metálicos (oxido de cobre e alumínio), onde o oxido de cobre é reduzido pelo alumínio tendo como metal resultante uma liga de cobre. Desta reação há um grande desprendimento de calor (aproximadamente 2000°C configurando em uma reação exotérmica.

Materiais envolvidos no processo de Solda Exotérmica

Composto para solda exotérmica (cartucho): produzido com metais devidamente balanceados de forma a obter uma reação aluminotérmica quando submetido a uma temperatura média de 900°C, resultando em uma liga de cobre com características mecânicas e elétricas descritas nos itens abaixo. A temperatura pico da reação é em torno de 2000° C.

– Pó de ignição – Composto exotérmico (óxido de cobre e alumínio), porém, com granulometria extremamente fina, de modo a proporcionar no pico de sua reação uma temperatura por volta de 900° C, para dar início à reação do composto exotérmico. O pó de ignição necessita de uma temperatura de aproximadamente 400°C para iniciar sua reação.

– Disco metálico – Produzido em aço estanhado, com espessura adequada para permitir que o composto exotérmico fique retido no cadinho do molde até atingir a temperatura adequada para fundir os condutores e se solidificar rapidamente. A nomenclatura “cartucho” já designa o fornecimento do composto exotérmico, disco metálico e pó de ignição agregados.

– Molde de grafite – Produzido em grafite resistente a abrasão e altas temperaturas, com medidas exatas para proporcionar uma solda exotérmica de qualidade compatível com o sistema.

CONTATO

Aqui buscamos compreender suas necessidades!
Ficamos à disposição para ouvir suas dúvidas, reclamações e sugestões.
Pedimos por gentileza que deixe seus contatos para que possamos responder da melhor forma possível.

Endereço

Rua: Dias Velho, 267
Cep. 02735.040
Freguesia do Ó | São Paulo - SP

Telefone

(11) 2768-0800
(11) 2615-5106 

Expediente

Segunda - Sexta
8:00 – 17:00h

Sábado – Domingo
Fechado