Menu
Escolha uma Página
Caminhamento elétrico

CAMINHAMENTO ELÉTRICO

 

A técnica do caminhamento elétrico(CE) se baseia na interpretação de um dos parâmetros elétricos, obtido com base em medidas efetuadas na superfície do terreno, com espaçamentos constante entre os eletrodos (AMNB).

Essa técnica investiga as variações lateriais do parametro físico a uma ou mais profundidades determinadas; com isso, a direção da linha de investigação permanece fixa e o centro do arrani AMNB varia com o seu desenvolvimento.

Essa técnica admite os seguintes arranjos: Schlumberger, Wenner, polo-polo, dipolo-dipolo e polo-dipolo

Arranjo Schlumberger e Wenner

Os dois arranjos se caracterizam por investigar a variação lateral do parâmetro estudado, com uma profundidade de investigação apresentada em perfis ou varias profundidades. Ao utilizar esse arranjo recomenda-se o emprego de equipamentos e cabos adequados no desenvolvimento dessa técnica, visando a qualidade dos resultados e a rapidez na coleta dos dados.

Arranjo Dipolo – Dipolo

Neste arranjo os eletrodos de corrente (AB) e de potenciais (MN) são alinhados em uma mesma direção com espaçamentos constantes. No seu desenvolvimento, podem utilizar simultaneamente vários dipolos de recepção (MN) dispostos ao longo do sentido de aquisição de dados.

Cada dipolo MN correspondente a um nível de investigação, podendo a depender do trabalho, estudar as variações horizontais de um parâmetro geoeletrico ao longo de um perfil com um ou mais dipolos, atingindo várias profundidades de investigação.

A profundidade teórica atingida em cada nível investigado é definida, segundo alguns autores, como Z= R/2, em que R é a distancia entre os centros dos dipolos considerados ( AB e MN), entretanto essa relação é mais próxima a realizada se for tomada como aproximadamente R/4.

O ensaio é desenvolvido ao longo de perfis previamente estaqueados, com espaçamentos (X) constante, em função das profundidades de investigação requerida; pois tanto o espaçamento entre os dipolos como os números de dipolos utilizados regulam as profundidades de investigação.

Arranjo Polo – Polo

Embora muito semelhante ao ensaio de dipolo-dipolo, a diferença se caracteriza porque os dois eletrodos da extremidade, serão colocados a um espaçamento de 10 X o distanciamento entre os eletrodos. Com esse procedimento é possível aumentar a profundidade de investigação.

Compartilhe:

Veja Também:

CONTATO

Aqui buscamos compreender suas necessidades!
Ficamos à disposição para ouvir suas dúvidas, reclamações e sugestões.
Pedimos por gentileza que deixe seus contatos para que possamos responder da melhor forma possível.

Endereço

R: Presidente Bernardes, 167
Cep. 02757-000
Vila Bancária | São Paulo - SP

Telefone

(11) 2768-0800
(11) 2615-5106 

Expediente

Segunda - Sexta
8:00 – 17:00h

Sábado – Domingo
Fechado