Menu
Escolha uma Página
SPDA Estrutural com Ferragens das Armaduras do Concreto

A armadura de aço dentro de estruturas de concreto armado são consideradas eletricamente contínuas, quando pelo menos 50% das conexões entre barras horizontais e verticais sejam firmemente conectadas. As conexões entre barras verticais devem ser soldadas. Quando não for possível, devem ser unidas com arame recozido, cintas ou grampos. E para garantir o contato, transpassadas com sobreposição mínima de 20 vezes seu diâmetro.

Para estruturas novas, medidas complementares visando garantir essa continuidade elétrica são normalmente especificadas pelos projetistas de SPDA da FAW7, em trabalho conjunto com o construtor e o engenheiro civil. Nos casos onde for utilizado concreto com armadura de aço (incluindo as estruturas pré-fabricadas),  a continuidadeelétrica da armadura deve ser determinada por ensaios entre a parte mais alta e o nível do solo. 

A resistência elétrica total obtida no ensaio final (ver anexo F da NBR 5419) não pode ser superior a 0,2 Ω e deveser medida com utilização de equipamento adequado para esta finalidade. Se este valor não for alcançado, ou se não for possível a execução deste ensaio, a armadura de aço não pode ser validada como condutor natural dacorrente da descarga atmosférica conforme mostrado em 5.3.5 da mesma norma. Neste caso, é recomendado que um sistema convencional de proteção seja instalado e caso existam estruturas adjacentes, a continuidade elétricada armadura de aço também deve ser verificada.

Compartilhe:

Veja Também:

CONTATO

Aqui buscamos compreender suas necessidades!
Ficamos à disposição para ouvir suas dúvidas, reclamações e sugestões.
Pedimos por gentileza que deixe seus contatos para que possamos responder da melhor forma possível.

Endereço

Rua: Dias Velho, 267
Cep. 02735.040
Freguesia do Ó | São Paulo - SP

Telefone

(11) 2768-0800
(11) 2615-5106 

Expediente

Segunda - Sexta
8:00 – 17:00h

Sábado – Domingo
Fechado